domingo, 12 de abril de 2009

Era....

Sabem aqueles momentos em que se têm que despedir de uma turma, grupo de amigos, colegas de trabalho, etc?
Estou num desses momentos, mas nem oportunidade para estar com as pessoas (que penso desconhecerem essa despedida) vou ter. Porque não tenho permissão para tal. Mas também, duvido que elas saibam que será o meu adeus (ou, no mínimo, um xau).
Não é injustiça, é mesmo falta de conformismo que já deveira ter criado, que deveria não ter apoiado na esperança que só alimenta sonhos inúteis.
Devia seguir de cabeça erguida, mas torna-se um algo difícil, sentindo que vou perder um dos bons momentos da minha vida, no meio do inferno pessoal que isto tem sido (cada vez sinto mais que o meu curso não é para mim, mereço muito mais que isto e ele muito mais que eu).... E só consigo chorar de nervos, de sono, de "telha", de ser eu.... e calar-me, num silêncio mais pesado que devia, como quando a Esperança morre, depois de todas as outras já o estarem há muito, restando o Vazio, o Silêncio.
O que pedia era poder ver-vos nem que fosse um segundo, através da janela, nem era preciso verificarem que lá estava. Contudo, compreendo a decisão e a situação.
Mas gostava de poder continuar a sonhar até já não ter mais réstias de Esperança.... e assim o farei, para depois sentir as consequências de tudo isso.
Agradeço aos que lêem e seguem o blog.
Sem vós não teria tanto sentido.
Beijos!

8 fantasias:

Patrícia disse...

Segue o teu coração e tudo correrá bem :)

Symph disse...

Antes de mais, obrigada pelo teu amável comentário =)

'Sabem aqueles momentos em que se têm que despedir de uma turma, grupo de amigos, colegas de trabalho, etc?'

É sempre doloroso. As despedidas saõ sempre assim, mas à sempre algo mais forte ao qual nos agarramos para amenizar essa dor.

'na esperança que só alimenta sonhos inúteis' Os sonhos nunca são inúteis. «Os sonhos comandam a vida» e dão-lhe cor.

Beijinho*

Anjo-sem-asas disse...

Eu detesto despedidas :$

Sou sempre tão emocional que as outras pessoas fortes e optimistas se rendem às lágrimas.

Cereja disse...

Deves estar numa situação muito complicada e as despedidas são sempre difíceis. Contudo, essas fases passam.. vais ver que mais cedo do q pensas superas isso..

E quanto ao agradecimento aos seguidores.. eu pessoalmente adoro o blog, gosto de comentar, partilhar os problemas e sentir q pelo menos tentei ajudar ou reconfortar.. por isso já sabes, conta connosco ;)

Beijinhos

Joana Filipa disse...

É sempre muito dificil deixar quem em já confiamos e gostamos, mas faz parte da vida e é importante para o nosso crescimento.

BTW, obrigada pelo comentário

Joli disse...

Antes de mais, muito obrigada pelo teu comentário ^^

Ai, como eu te compreendo. Eu no ano passado tb deixei para trás grandes amigos meus, para poder seguir o curso que eu realmente queria. Não foi nada fácil, mas uma vez feitos novos amigos na nova universidade, tudo se tornou mais simples e natural, e há sempre a possibilidade de visitar os meus amigos na outra universidade ^^

Não te preocupes, se seguires o teu coração, tudo correrá bem ^^

Olhos Dourados disse...

É difícil, eu sei!

P.S: obrigada pela visita!

* Mary disse...

Não deve ser fácil mas muita força!

Bjinhus*