sábado, 11 de julho de 2009

Simplicity & Harmony

It's a chase for simplicity.

Há muito que não sinto tanta paz interior real. Como se, embora os pontos não estejam todos colocados nos "is", fosse superior a tudo isso. Quase como uma nuvem que viaja num plano acima ao da Terra.
Ainda tenho mais um "pouco" de trabalho/estudo pela frente, mas tal não me inquieta, não pioro.
Estava frustrada quanto à minha presença no Gristo, ontem decidi. Não posso continuar estando ele neste "estado de arte". Decerto os outros caloiros conseguirão sem mim passar para o outro lado.
Aprecio a simplicidade do momento ouvindo música dos Lamb e The Gift. Não são os meus favoritos - nem de longe - mas enquadram-se no momento. Diria que esta está intimamente ligada à tranquilidade e serenidade. Nas nossas origens tudo era natural e complexamente simples e não havia vestígios do stress exagerado dos dias de hoje. A nossa natureza é simples, embora como complexos que somos a tenhamos que elaborar mais para agradar mais os olhos dos outros que propriamente as nossas raízes, que visam a serenidade e harmonia interiores.

Que este estado muito dure.


Em breve continuarei os desafios que deixei para trás, mas não esqueci.


1 fantasias:

Anjo-sem-asas disse...

Os momentos em que encontro paz interior são já tão raros que são cada vez mais valiosos.
Espero que quando fores à praia, aproveites para encontrar a calma e paz de que precisas :)